quinta-feira, 24 de maio de 2012

OS SIMPSONS- e algumas curiosidades


Criado pelo cartunista Matt Groening, “Os Simpsons”, surgiu pela primeira vez em curtas animados para o programa “The Tracey Ullman Show”. Após um tempo “Os Simpsons” ganharam, em 1989, uma série de meia hora para a Fox Broadcasting Company.
Matt criou os personagens da família inspirados na sua própria família, inclusive os nomes são os mesmos: o pai de Matt se chama Homer, a sua mãe é Margaret, e ele tem duas irmãs: Lisa e Maggie. Então Bart é Matt, mas não foi batizado com mesmo nome, pois segundo Groening ficaria mais interessante Homer gritar “Bart!” que soaria como “Bark!” latido em inglês.
A cidade onde se passa a história é Springfield, por muito tempo Matt mantéu em segredo a localização da Springfield da vida real, já que existe mais de 30 cidades com esse nome nos EUA. Mas em entrevista recente Groening finalmente declarou onde fica a cidade da família amarela. Ela fica em Oregon, onde o criador passou a infância e de onde tirou muitas inspirações para criar personagens. O enderenço dos Simpsons é o mesmo da casa onde Matt morou: Evergreen Terrace, 632.
Cerca de 6 atores dublam quase todos os personagens da série. Quando a personagem Maude Flanders morreu, foi devido a sua dubladora, Maggie Roswell, que queria um aumento de salario e foi colocada para fora. Mais estimasse que os dubladores de “Os Simpsons” ganhem cerca de US$ 400,000 por episódio.
David Silverman (animador que criou a abertura da série) falou sobre o fato dos personagens da série serem amarelos, segundo ele o colorista Gyorgi Peluci, encontrou um desafio: como usar cores mais realistas em personagens como Lisa, Bart e Maggie? Já que estes personagens não tinham traços separando o cabelo da cabeça, Gyorgi decidiu usar a cor amarela para todo o corpo destes personagens.
Homer já teve mais de 40 profissões. Mais de 30 personagens já morreram. O barulho da chupeta da Maggie foi criado por Matt Groening. A expressão "D'oh" de Homer, foi incluída em 2011 no Dicionário de Inglês de Oxford. Em 2009, para comemorar 20 anos da animação, Marge foi capa da Playboy americana.
A abertura de “Os Simpsons” é uma atração à parte. Três coisas sempre mudam na abertura, são elas: Bart escreve frases diferentes no quadro-negro, Lisa toca solos diferentes no saxofone e a sequência da família se reunindo no sofá sempre muda. Com a chegada do HDTV a abertura ganhou uma nova versão em 2009, com novas cenas. Mais uma curiosidade é que quando Maggie passa pela caixa registradora, o valor mostrado de US$847,63 é igual ao valor anual médio, em 1989, de quanto custava  para se criar uma criança nos EUA.  Em um dos episódios a abertura foi criada pelo artista Banksy, que satirizou os bastidores da própria série, que tem parte da animação realizada na Coréia do Sul e seus empregados recebem por lá ¼ do que receberiam se trabalhassem em terras americanas. Banksy mostrou coreanos trabalhando de forma precária, gatinhos que são usados para rechear pelúcias, a cabeça de um golfinho é usada para lacrar caixas e até mesmo um panda e um unicórnio decadente aparecem.
A série já passou dos 500 episódios e é a sitcom mais duradoura da história. A revista Time em 1999 elegeu “Os Simpsons” como a melhor série de TV do século 20. A família ganhou um longa animado em 2007.

3 comentários:

  1. Cadê o duffman nessa figura com todos os personagens?

    ResponderExcluir
  2. legal, nunca tinha reparado nesses detalhes

    ResponderExcluir